Existe uma conexão entre lisinopril e ganho de peso?

A ligação entre lisinopril e ganho de peso é uma questão de debate. Alguns estudos indicaram que o aumento de peso pode ser um efeito colateral da droga, mas não de forma conclusiva. O inchaço é outro possível efeito colateral do lisinopril, e um ganho de peso acompanhante, muitas vezes, resulta do excesso de fluido. O aumento rápido do peso também é um sintoma de algumas das condições tratadas por este medicamento.

O lisinopril é um inibidor da enzima conversora da angiotensina (ECA), mais freqüentemente prescrito para tratar a pressão arterial alta e a insuficiência cardíaca congestiva. Os diabéticos também podem receber o medicamento para reduzir o risco de insuficiência renal. Os inibidores da ECA, como o lisinopril, trabalham para prevenir a contração dos vasos sanguíneos, reduzindo a pressão arterial.

Durante os ensaios de drogas, alguns pacientes que tomaram o medicamento experimentaram um aumento de peso. O ganho de peso foi identificado como um efeito colateral incomum, afetando menos de 1% dos pacientes que tomaram o medicamento. Notavelmente, uma porcentagem semelhante observou perda de peso ao tomar o medicamento.

Existe alguma confusão sobre a ligação entre lisinopril e ganho de peso. Em muitos casos, o aumento de peso não pode ser vinculado conclusivamente ao uso do medicamento. As interações com outras drogas também podem ser um fator. A dieta e o estilo de vida também podem contribuir para aumentar, obscurecendo qualquer conexão entre lisinopril e ganho de peso.

Outra possível causa de aumento de peso para pacientes que tomam lisinopril é a condição a ser tratada. O ganho de peso rápido é um sintoma associado à insuficiência cardíaca congestiva em particular. Pacientes com um aumento súbito ou inexplicável do peso são solicitados a consultar um médico.

Em alguns casos, o aumento foi atribuído ao edema, outro efeito colateral conhecido da droga. A acumulação de fluido causou inchaço e aumento de peso nesses pacientes. O inchaço também pode ser um sinal de reação alérgica ao medicamento e os pacientes que experimentam esses sintomas devem procurar atendimento médico imediato.

Quando os pacientes tomam lisinopril e observa-se o aumento de peso, podem ser tomadas medidas para manter o peso sob controle. Uma dieta saudável é um bom primeiro passo. Porções sensíveis de baixo teor de gordura, baixo teor de colesterol e alimentos baixos com sódio, como frutas, vegetais, grãos e carnes magras, ajudarão o paciente a manter o peso, a pressão sanguínea e as condições cardíacas sob controle.

A atividade regular é outro passo importante. Mesmo um exercício suave também ajudará a manter o peso baixo e manter o coração forte. Pacientes que tomam lisinopril para pressão arterial ou doenças cardíacas devem falar com um médico ou profissional médico antes de iniciar um programa de exercícios.